15/06/2020
Decreto estabelece fechamento de atividades comerciais às 23 horas

A Prefeitura de Foz do Iguaçu estabeleceu novo horário de funcionamento para atividades comerciais a partir desta segunda-feira, 15. Conforme o Decreto 28.205, publicado na noite de ontem (14), ficam proibidas as atividades comerciais, gastronômicas e de serviços, no horário das 23h até às 5h, diariamente.

A medida visa à prevenção da evolução de casos do novo coronavírus (COVID-19) em Foz. Ainda de acordo com o decreto, o horário poderá ser reduzido ou prorrogado de acordo com o número de pacientes com diagnóstico positivo da doença. Foz tem atualmente 273 casos registrados.

Os serviços de delivery ou tele-entrega poderão funcionar até meia-noite. Permanecem inalteradas as atividades 24 horas de serviços de saúde e segurança, farmácia, posto de combustíveis, borracharias e socorro de veículos, clínicas veterinárias e serviços funerários.O descumprimento das medidas do decreto implicará na suspensão da Licença para Localização e Funcionamento por sete dias.

No caso de reincidência fica suspensa a Licença para Localização e Funcionamento por 15 dias e multa de R$ 8.424 prevista no artigo 35 do Decreto 28.055, de 20 de abril de 2020.

Na reincidência contumaz, o estabelecimento será interditado até julgamento do procedimento de cassação da Licença para Localização e Funcionamento, além da multa de R$ 8.424 também prevista no Decreto 28.055.

Últimas Notícias
Notícia
23/07/2021

mulher alegou que prestava serviços quase todos os dias em jornadas regulares, sem períodos de inatividade, o que descaracterizaria o contrato intermitente.

Notícia
26/04/2021

O Brasil deve entrar para a lista da OIT (Organização Internacional do Trabalho) de países que serão examinados por suspeita de violar as convenções internacionais do trabalho. A lista pode ter até 40 países. No portal do Seeb-BA

15/04/2021

A Diretoria do STTHFI comunica a todos os trabalhadores de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu e região .

Notícia
14/04/2021

Os contratos de trabalho poderão ser reduzidos em até 25%(vinte e cinco por cento) em seus horário e salario correspondente. Também terá garantia no emprego pelo mesmo período de redução.

Notícia
01/04/2021

No início do ano, que ainda não se anunciava trágico, havia a expectativa luminosa por vacina.